| CRÍTICAS | O Fundador

Empreendedorismo é um palavrão imenso que a sociedade criou nos últimos tempos e nos impingiu para tentar menorizar uma política de austeridade e de precariedade que foi imposta no mundo ocidental, refém de uma crise financeira. Por isso, um filme como O Fundador devia ser visto por todos aqueles que nos andam a tentar convencer […]

| CRÍTICAS | A Criada

Chan-Wook Park foi um dos principais responsáveis pelo boom do cinema sul-coreano que atingiu as salas de cinema no início deste século, graças aquele filmaralhão que é Oldboy -Velho Amigo (e que dava novos significados a um martelo de orelhas) e que Quentin Tarantino fartou-se de elogiar na altura. Agora, depois de uma experiência menos feliz em […]

| CRÍTICAS | O Gigante

Mesmo que quisesse, mesmo que se esforçasse para isso, O Gigante nunca passaria despercebido na história do cinema. Um filme que tem como tripla de protagonistas James Dean, Elizabeth Taylor e Rock Hudson nunca pode aspirar a menos que isso. No entanto, O Gigante ficou para sempre inscrito nos anais da sétima arte por ter sido […]

| CRÍTICAS | Watchmen – Os Guardiões

Alan Moore é o Maradona da banda-desenhada. Apesar de ser um tipo estranho como o raio que o parta, Moore revolucionou o mundo da BD, tornando-o mais adulto e transformando os super-heróis em seres humanos, com profundidade metafísica. As suas novelas gráficas (designação que forçosamente surgiu para apelidar esses verdadeiros romances aos quadradinhos) têm sido adaptadas ao […]

| CRÍTICAS | Boneca de Luxo

Holly Golightly é uma das personagens femininas mais celebrada e iconoclasta de toda a história da sétima arte. A protagonista de Boneca de Luxo, que Truman Capote idealizou para Marilyn Monroe – mas que o seu professor de teatro desaconselhou por temer a repercussão que podia ter na sua carreira fazer de prostituta -, mas que foi […]

| CRÍTICAS | Elis

No Brasil dá-se um pontapé numa pedra e saem lá debaixo quatro jogadores de futebol e dois músicos. Podia alargar o estereótipo, mas fiquemos por estes dois. Enquanto que no caso dos futebolistas existem contentores de jogadores sobrevalorizados (ou simplesmente maus), no caso dos músicos o cenário já é um pouco mais diferente. É que mesmo […]

| SÉRIES | Iron Fist

Lembram-se do “Chinês” do Duarte & Companhia que era, na verdade, japonês e que estava constantemente a lembrar todos os outros da sua verdadeira nacionalidade: “Eu não sêl chinês, eu sêl japonês!”? Imaginem que ele tinha uma série em que era o protagonista. Tirem-lhe todo o interesse que ela poderia porventura ter, imaginem-na com o […]

| CRÍTICAS | Clerks

Foi com Clerks, um pequeno filme artesanal e independente (quando independente significava mesmo um cinema à margem de qualquer financiamento das grandes produtoras, mas também de qualquer convenção cinematográfica), que Kevin Smith se estabeleceu como uma das vozes mais respeitadas de uma certa cinefilia mais nerd e geek. No mesmo ano em que um certo […]