| CRÍTICAS | Um Sonho Possível

Depois de ter sido durante anos a fio uma das namoradinhas da América, Sandra Bullock começou a envelhecer. E quando isso acontece, apenas restam uma de duas opções. Ou ignora resilientemente essa passagem do tempo e continua a fazer filmes patéticos sob o corpo que já não tem, acabando em desespero por apostar tudo num […]

| CRÍTICAS | Finders Keepers

Nos últimos tempos, graças a festivais como o Sundance e a plataformas como o Netflix, temos assistido a uma série de documentários… digamos, especiais. Documentários sobre temas alternativos e não tão sérios, mas nem por isso menos interessantes. Mas sempre a lembrarem-nos da máxima mais importante de todas: a realidade ultrapassa sempre a ficção. Depois […]

| CRÍTICAS | Plano de Fuga

Foi um dos mais longos sonhos húmidos de qualquer cinéfilo que se preze: o de um filme que juntasse Arnold Schwarzenegger e Sylvester Stallone. E durou duas décadas a acontecer. Foi preciso os dois envelhecerem, o primeiro esgotar todos os cartuchos de um futuro político e o segundo ter conseguido reabilitar uma carreira que parecia inevitavelmente […]

| CRÍTICAS | Moonlight

Mesmo com todo o circo que foi o momento à Humberto Bernardo na noite dos Oscares ou de não ter agradado a João Braga, há algo que já ninguém tira a Moonlight: o facto de ser o primeiro grande filme sobre a América negra a sacar a estatueta mais importante da indústria cinematográfica. E isso logo […]

| CRÍTICAS | Logan – The Wolverine

Ao longo da sua filmografia, James Mangold tem andado quase sempre a remexer na americana. Começou a partir de Walk the Line, o biopic de Johnny Cash, esse monumento do folclore norte-americano, continuou com o remake de O Comboio das 3 e 10 e depois manteve-se de forma mais ou menos declarada nos restantes trabalhos. Por isso, […]

| CRÍTICAS | T2 Trainspotting

Confesso que estava com medo de ir ver T2 Trainspotting. Primeiro porque toda a gente sabe que não se deve voltar onde fomos felizes e esta continuação do Trainspotting vinte anos depois (mesmo tendo Irvine Welsh escrito uma sequela ao livro inicial) tinha todo o ar de ser apenas um aproveitamento desavergonhado de uma indústria que […]