| CRÍTICAS | Viúva Negra

Se havia herói da Marvel que sabíamos que iria ter um filme em nome próprio, mais cedo ou mais tarde, esse herói era a Viúva Negra, porque Scarlett Johansson. Mesmo assim foi preciso o sucesso de bilheteira de Mulher Maravilha, da DC, para a Marvel avançar com o filme, que se passa ali entre os […]

| CRÍTICAS | As Diabólicas

Reza a história que Alfred Hitchcock só não realizou este filme por um ligeiro atraso, uma vez que Henri-Georges Clouzot antecipou-se num mero par de horas e comprou primeiro os direitos do romance de Pierre Boileau e Thomas Narcejac. Anos mais tarde, o mestre vingou-se e realizou A Mulher Que Viveu Duas Vezes, também adaptado de […]

| CRÍTICAS | Força Delta

Recebo vários emails, quase diariamente, a jogarem-me isto à cara; outras vezes, sou abordado na rua e confrontam-me com o mesmo: as pessoas interrogam-se como é que eu tenho coragem de ter um blogue de cinema e de falar tão pouco do Chuck *deus* Norris. Eu defendo-me e tento enganar-me a mim mesmo, dizendo que […]

| CRÍTICAS | Rio Bravo

Rio Bravo é um dos filmes mais fáceis de recomendar a alguém. Primeiro, por ser o que é: um western do mestre Howard Hawks, com um trio de de estrelas constituído por John Wayne, Dean Martin e Ricky Nelson. E segundo, por ter dado origem ao clássico de Carpenter, Assalto À Esquadra 13 (e deixar ainda remeniscências em Cães […]

| CRÍTICAS | 007 – Sem Tempo Para Morrer

Quem diria que, 15 anos depois de se estrear na pele do mais famoso espião do mundo, Daniel Craig se iria despedir do papel assim. Sem Tempo Para Morrer não só encerra um ciclo na vida de Bond, James Bond, como consagra Craig como um dos 007 mais populares de sempre e com a maior […]

| CRÍTICAS | Moon – O Outro Lado da Lua

[este texto contém spoilers] Existe um fenómeno psicológico em que somos confrontados por nós próprios: Não uma projecção do eu em outra pessoa, mas uma verdadeira aparição, como se fosse de carne e osso. E como nós somos a única pessoa do mundo de que o nosso cérebro não está à espera de encontrar, isso […]

| CRÍTICAS | Os Mestres do Kung-Fu

Todos nós, durante a nossa adolescência, tirámos um curso intensivo de cinema de artes marciais, graças a figuras como Bruce Lee, Van Damme e até Chuck Norris. Por isso, todos sabemos à partida que quando um homem inocente e bondoso é torturado de qualquer forma por um tirano qualquer, de certeza que este vai buscar […]

| CRÍTICAS | As Aventuras de Jack Burton Nas Garras do Mandarim

Sempre que vejo As Aventuras De Jack Burton Nas Garras Do Mandarim não consigo deixar de pensar nos sonhos de Calvin & Hobbes, com os seus dinossauros em aviões de guerra. É certo que este filme não é tão aleatório quanto Sucker Punch – Mundo Surreal, mas a sobreposição de elementos é tão absurda que faz de As Aventuras […]

| CRÍTICAS | Os Rapazes do Grupo

Antes de haver O Segredo De Brokeback Mountain havia Os Rapazes do Grupo. Um ano antes já tinha havido O Cowboy Da Meia-Noite, mas o filme de William Friedkin, que uma década depois haveria de realizar outro marco do cinema queer (olá A Caça), foi o primeiro a falar da homossexualidade de forma aberta e a derrubar tabus. Os Rapazes […]

| CRÍTICAS | Candyman

O cinema de terror sempre teve uma forte tradição activista, alinhado e alicerçado com o seu próprio tempo. Ou, pelo menos, o bom cinema de terror. Por isso, em pleno ano de 2021 do século XXI, os filmes de terror contemporâneos têm abordado temáticas em comum. Numa altura em que há uma consciência cada vez […]