| CRÍTICAS | Porquinha

Uma jovem que é vítima de bullying todos os dias, enche o saco até mais não e diz basta: it’s payday, bitch! Já todos vimos este filme, certo? Certo. A novidade aqui é que Porquinha, a sensação do cinema de terror espanhol que conquistou a última edição do Sitges, não é esse filme. Sim, há […]

| CRÍTICAS | M3gan

Gemma (Allison Williams) tinha tudo para ser a tia fixe da sua sobrinha, Cady (Violet McGraw): é jovem, solteira e vive sozinha numa casa enorme; trabalha a inventar robôs; e tem a casa cheia de brinquedos. Mas Gemma é workaholic e super-aborrecida nas festas; o robô em que está a trabalhar é um “animal doméstico […]

| CRÍTICAS | Bodies Bodies Bodies

A geração Z continua a adaptar os sub-géneros do cinema aos seus tempos. Depois de redefinir o teen movie em Do Revenge e Booksmart – Inteligentes e Rebeldes, chegou a vez de remodelar o slasher, adaptando-o aos seus ideias e valores. Até porque o Gritos 6, apesar dos esforços e boa vontade, já não cumpre […]

| CRÍTICAS | Veneciafrenia

Já toda a gente percebeu os problemas do turismo massificado, excepto os governantes portugueses. E o problema é tão evidente que já nem precisamos de ler um Javier Marías ou um Henri Lefebvre, é tudo visível a olho nu. E se mesmo assim houver quem achar que a especulação imobiliária, a homogeneização do comércio e […]

| CRÍTICAS | Os Três Fugitivos

No cinema, tal como em tudo na vida, conta muito ter o coração no sítio certo. Ou seja, um filme pode nem ser particularmente espectacular ou um prodígio da arte cinematográfica, mas se tier um coração grande e honesto acaba por compensar muita coisa. Aliás, os anos 80 foram mesmo férteis num tipo muito específico […]

| CRÍTICAS | O Meu Ano Com Salinger

Comecemos pelo mais importante: confesso que não entendo o J. D. Salinger. Quer dizer, percebo e gosto de todo o folclore mitológico que cultivou, o do escritor eremita que escreveu toda a vida, mas que pouco publicou (porque, como alguém refere em O Meu Ano com Salinger, um escritor é aquele que escreve, publicar é […]

| CRÍTICAS | Drácula – A História Desconhecida

Desde Nosferatu que o Conde Drácula é um filão que alimenta a produção cinematográfica de forma mais ou menos regular. Ainda a semana passada chegou à internet umas fotos de Nicolas Cage vestido à Drácula para o seu próximo filme e as redes sociais vieram abaixo. Por isso, quando um filme se propõe, em 2016, […]

| CRÍTICAS | Pearl

Ainda X não tinha sequer estreado (quanto mais estado nas listas dos melhores filmes de 2022 de muito boa gente… realmente mais vale cair em graça do que ser engraçado, já dizia a minha avozinha) e já Ti West e a sua protagonista, Mia Goth, trabalhavam numa prequels. Aliás, Pearl foi mesmo filmado em simultâneo […]

| CRÍTICAS | Os Olhos de Allan Poe

São vários os filmes que encontramos a partir de adaptações de obras de Edgar Allan Poe, ou não fosse este o avozinho da literatura fantástica e de terror. No entanto, o que Os Olhos de Allan Poe faz é ir ainda mais longe e convoca-lo, em carne e osso, para assistir in loco numa história […]

| CRÍTICAS | Amesterdão

Houve uma altura em que David O. Russell caiu nas boas graças de meio mundo e andava aí nas palmilhas de muito boa gente. Até havia quem lhe chamasse o último dos clássicos. E conseguiam dizer isso com cara séria, sem se rirem. Depois fez o Joy, a coisa esfriou um pouco e nunca mais […]