| CRÍTICAS | Sete Pecados Mortais

Houve uma altura, ali por meados dos anos 90, que a televisão, a MTV e a cultura dos videoclipes parecia que ia controlar Hollywood (para grande tristeza da maioria da chamada crítica séria). Gente como Spike Jonze, Michael Bay ou Danny Boyle saltavam dos anúncios das grandes marcas e dos teledisco das grandes bandas directamente […]

| CRÍTICAS | Onde Estás, Bernadette?

Em 2013, Cate Blanchett sacou o Oscar de melhor actriz com Blue Jasmine, o filme de Woody Allen em que o realizador, pela primeira vez, projectava o seu eu numa mulher. Agora, meia-dúzia de anos depois, Cate Blanchett volta a interpretar uma mulher problemática – Bernadette – num filme que tem também o seu nome […]

| CRÍTICAS | Ocean’s 8

Ocean’s 8 abre exactamente da mesma forma que Ocean’s Eleven – Façam as Vossas Apostas: com Sandra Bullock a ser libertada da prisão depois de prometer ao procurador geral a mesma série de promessas furadas e ideias feitas que George Clooney utilizava no filme de 2001. E, além disso, ficamos a saber que Sandra Bullock […]

| CRÍTICAS | The Monuments Men – Os Caçadores de Tesouros

O regime nazi e, consequentemente, o Holocausto e a Segunda Guerra Mundial foram um conflito geral, a todos os níveis. No entanto, do ponto de vista cultural, esse é um facto poucas vezes abordado e discutido. Anos antes do Daesh andar a destruir Palmira ou dos talibans a bombardear os budas de Bamiyan, os nazis […]

| CRÍTICAS | Thor: Ragnarok

Um dos problemas das adaptações de Thor ao cinema sempre foi encontrar o tom certo entre o ambiente mitológico e a nossa realidade. Especialmente em Thor, isso nem sempre era feliz. A solenidade com que deuses vestidos de capa e espada chegavam às ruas de Nova Iorque aproximavam-no perigosamente de xungarias série b, tipo… He-Man – […]

| CRÍTICAS | I’m Not There – Não Estou Aí

Com Velvet Goldmine, Todd Haynes já tinha mostrado que não era um simples apreciador de música que gostava de fazer uns meros filmes biográficos acerca dos seus músicos favoritos. Todd Haynes é antes um melómano obsessivo e compulsivo, que prefere antes fazer filmes sobre as próprias cenas musicais e tudo o que lhe está inerente […]