| CRÍTICAS | A Pequena Sereia

Depois de uma série de fiascos de bilheteira seguidos, a Disney atravessava um mau período, ali por volta dos anos 80. Não era a primeira vez que a casa do Rato Mickey passava por uma crise semelhante e, tal como antes, foi um filme que veio dar um novo fôlego à produtora, inflar-lhe vitalidade e […]

| CRÍTICAS | A Princesa e o Sapo

O recente lançamento do álbum póstumo do Dr. John é um óptimo pretexto para irmos repescar A Princesa e o Sapo, filme que conta com música do próprio e que merece ser mais relembrado. É que, além de todas as suas qualidades, este teve a particularidade de contar com a primeira princesa negra da Disney. […]

| CRÍTICAS | Pinóquio (2022)

Vamos fazer um esforço e partir do pressuposto que a obsessão da Disney em refazer todos os seus clássicos em imagem real era uma boa ideia e não apenas uma tentativa fácil de capitalizar fórmulas de sucesso fácil. Mesmo que isso fosse verdade, chamar a este novo Pinóquio de filme de imagem real é muito […]

| CRÍTICAS | Thor – Amor e Trovão

E, inesperadamente, Thor torna-se no primeiro herói da Marvel a ter quatro filmes em nome próprio. O triunfo é todo e só de Taika Waititi, que, com o seu Thor – Ragnarok, conseguiu reanimar o Deus do Trovão depois de dois filmes super sisudos, graças ao seu humor e descontração, muito influenciado pelo sucesso de […]

| CRÍTICAS | Buzz Lightyear

É certo que longe vão os tempos que os filmes da Pixar eram cada cavadela cada minhoca, mas a antiga empresa de Steve Jobs e John Lasseter ainda tem street cred acumulado suficiente desde essa altura. É por isso que, sempre que estreiam um filme novo, não resistamos a fazer estes exercícios. Por exemplo, de […]

| CRÍTICAS | Morbius

Alguém devia fazer uma intervenção junto do pessoal da Marvel. Senão é como aquele meme diz, daqui a 30 anos, quem quiser entender o novo filme do Capitão América vai ter que ver 300 sequelas anteriores. Além disso, já chegou aquele ponto em que a Marvel está a adaptar os heróis que não interessam a […]

| CRÍTICAS | Turning Red – Estranhamente Vermelho

Depois da Disney ter procurado aumentar a representatividade nas suas histórias com Encanto, sobre uma família sul-americana, a Pixar seguiu-lhe os passos ao se debruçar sobre uma família sino-canadiana. E é precisamente essa origem que vai determinar de forma decisiva toda a história de Turning Red – Estranhamente Vermelho. É que Mei Lee, a jovem […]

| CRÍTICAS | A Gata Borralheira

Se as madrastas têm má fama, em muito a culpa é de A Gata Borralheira. O clássico da Disney contribuiu em muito para cristalizar o arquétipo da madrasta malvada, que só quer o sofrimento cruel dos seus enteados. Basta ir procurar no dicionário Priberam a definição da palavra madrasta para encontrar o equivalente depreciativo de […]

| CRÍTICAS | Eternals – Eternos

Eternals – Eternos ilustra bem esta nova fase em que entra o universo cinematográfico da Marvel: mais representativo e com realizadores que não vêem propriamente da linha de montagem de Hollywood. Havia grande expectativa para ver o que Chloé Zhao, aquela que se destacou nos Oscares do ano passado por se ter tornado apenas na […]

| CRÍTICAS | Encanto

Depois da cultura mexicana, em Coco, a Disney volta a atirar-se a uma cultura latina em Encanto, aumentando a representatividade das suas animações e, claro, procurando capitalizar essa sua opção e arranjando mais um pretexto fácil para chamar Lin-Manuel Miranda, o actual Midas do musical, que assim termina o ano com três filmes em cartaz […]