| CRÍTICAS | Apolo 10 1/2 – Aventura na Era Espacial

Depois de Acordar Para a Vida e A Scanner Darkly – Homem Duplo, Richard Linklater regressou à animação, mais propriamente à rotoscopia, essa técnica que consiste em desenhar por cima da imagem real. E a primeira pergunta que se coloca é: porquê? É que enquanto que nesses dois filmes anteriores os desenhos-animados serviam respectivamente para […]