| CRÍTICAS | Outcast – O Último Templário

Os Templários foram uma ordem militar maniatada pelo Papa para defenderem os cristãos no oriente e levaram a palavra de Cristo aos ímpios. Durante dois séculos, cimentaram a sua influência e poderio, até que o rei de França os acusou de heresia e convenceu o Papa a terminar com a ordem. Os Templários passaram a […]

| CRÍTICAS | O Plano de Reforma

Ao concluir a sua trilogia meta, com O Homem dos Teus Sonhos, Nicolas Cage anunciou a sua intenção de se retirar do cinema. Parecia o timing perfeito. Há quanto tempo Cage não fazia um filme de jeito?, quanto mais três de seguida(!). Mas ainda O Homem dos Teus Sonhos não tinha arrefecido e já havia […]

| CRÍTICAS | O Homem dos teus Sonhos

Em O Homem dos teus Sonhos, o novo filme do norueguês Kristoffer Borgli (de quem vimos o ano passado o muito recomendável Farta de Mim Mesma) para a A24, Nicolas Cage é um tipo que, sem motivo aparente, começa a aparecer nos sonhos de toda a gente. Nicolas Cage não faz de si mesmo e, […]

| CRÍTICAS | Sympathy for the Devil

É incrível o descaramento de Sympathy for the Devil, que tem a pouca vergonha de não tocar uma única vez o tema homónimo dos Rolling Stones. Sympathy for the Devil não segue assim a tradição de outros filmes que roubam o título a clássicos dos Stones, como Sonhos Desfeitos ou Uma Mulher dos Diabos. Querem […]

| CRÍTICAS | Renfield

O Drácula é possivelmente uma das personagens mais adaptadas ao cinema de toda a história da sétima arte. Logo em 1922, Murnau fez Nosferatu e, desde então, tem havido uma lista interminável de variações, declinações e versões deste vampiros com um apetite especial por pescoços femininos. Nem a propósito, numa altura em que está em […]

| CRÍTICAS | The Old Way

Nicolas Cage pode não ter filtros e fazer 20 filmes por ano, mas foi preciso chegarmos ao ano da graça do Senhor de 2023 para o vermos pela primeira vez num western. E vão ser logo dois de seguida. Mas enquanto Butcher’s Crossing não chega – que até é o mais esperado dos dois, até […]

| CRÍTICAS | Sinais do Futuro

Sinais do Futuro era um filme decisivo para o mexicano Alex Proyas. Não para a sua carreira, mas para a sua credibilidade aqui neste imodesto antro cinematográfico (que muitas vezes é mais importante que as próprias carreiras). É que, depois de um interessante O Corvo e um genial Cidade Misteriosa (vénias com saída à retaguarda), Proyas tinha assinado um muito […]

| CRÍTICAS | O Peso Insuportável de um Enorme Talento

Nicolas Cage, no seu ritmo frenético de fazer filmes (e de ir a todas), celebra o seu centésimo título da carreira com um dos seus trabalhos mais particulares de todos. Em O Peso Insuportável de um Enorme Talento Nicolas Cage faz de uma versão de si próprio, ligeiramente exagerada (na verdade faz de duas versões […]

| CRÍTICAS | Grand Isle

Mesmo sabendo da carreira recente de Nicolas Cage, feita de mais altos e baixos do que uma montanha-russa, não conseguimos disfarçar alguma curiosidade mórbida quando lemos que Grand Isle é apenas o segundo filme da sua carreira a ter zero por cento do Rotten Tomatoes. Obviamente que nada pode ser tão mau quanto Left Behind […]

| CRÍTICAS | Cuidado com a Mamã e o Papá

Existem vários tipos de vírus e de pandemias. Actualmente, o mais famoso é o novo coronavírus, claro, mas o cinema sempre preferiu viroses um pouco mais mortíferas. Não têm necessariamente que ser realistas ou sequer bem explicadas. Importa é terem uma alta taxa de mortalidade ou efeitos devastadores, de preferência capazes de levar o mundo […]