| CRÍTICAS | O Homem do Norte

Robert Eggers, um dos novos nomes queridos de Hollywood, continua a recuar no tempo para encontrar novos territórios para o terror. Depois do folk/pagan horror gótico de A Bruxa – A Lenda de New England e da história de marinheiros e sereias de O Farol, Eggers atira-se aos vikings, que nos últimos tempos ultrapassaram de […]

| CRÍTICAS | Being The Ricardos

Já todos ouvimos pelo menos uma vez que, actualmente, há mais cinema na televisão do que nas salas. É certo que há alguma verdade nisto. Há um certo afunilamento do grande cinema de massas (cortesia da Disney, claro) e, na televisão, os argumentistas e realizadores encontraram um terreno mais fértil para arriscar. Daí que as […]

| CRÍTICAS | Val

Já todos nos questionamos, pelo menos uma vez na vida, sobre o que terá acontecido a Val Kilmer. É certo que aqui há tempos chegou-nos noticias de um cancro que lhe danificou as cordas vocais e que o deixaram a falar por um buraquinho na garganta, mas já antes disso Kilmer tinha desaparecido. Uma das […]

| CRÍTICAS | Bombshell – O Escândalo

Vivemos tempos paradoxais (e intrigantes). Apesar de nunca ter havido tanta informação disponível e sensibilização para temas… sensíveis, continuamos a ouvir coisas como a que Margot Robbie disse. Numa entrevista, a actriz afirmou que uma das razões que a levou a querer fazer este Bombshell – O Escândalo foi o facto de ter descoberto que […]

| CRÍTICAS | Aquaman

Depois de, finalmente, terem acertado (relativamente…) com Mulher Maravilha, a DC sentiu-se demasiado optimista e partiu logo para outra, demasiado confiante de que tinha detectado o porquê de todos os seus filmes serem abaixo dos mínimos. No entanto, Aquaman só veio provar que Mulher-Maravilha foi apenas a excepção que confirma a regra. A DC na […]

| CRÍTICAS | Stoker

No início deste século, o cinema sul-coreano andava nas palminhas do mundo, fascinados com uma nova vaga que varria o país. Nessa altura, o ponta-de-lança titular indiscutível dessa equipa era Chan-wook Park, graças a Oldboy – Velho Amigo e ao brilharete em Cannes, patrocinado por Quentin Tarantino. Adivinhava-se o salto para Hollywood, mas apesar de […]

| CRÍTICAS | Como Falar com Raparigas em Festas

1977 – ano decisivo na história da música. No mesmo ano em que o Rei, Elvis Presley, morria e deixava toda uma geração órfã, o punk irrompia com toda a força, especialmente com os Sex Pistols a lançarem o seu único álbum (e com o single God Save the Queen a chegar ao mesmo tempo do […]

| CRÍTICAS | Grace de Mónaco

Com a polémica que houve em redor do filme – incluindo um banimento oficial no principado do Mónaco -, Grace de Mónaco podia ter beneficiado de toda a publicidade (porque there’s no such thing as bad publicity) para se tornar num fenómeno qualquer de bilheteiras. Mas, mesmo assim, passou despercebido por aí, com a mesma […]

| CRÍTICAS | O Sacrifício do Cervo Sagrado

Goste-se ou não, Yorgos Lanthimos é um dos poucos realizadores contemporâneos que tem desenvolvido um cinema verdadeiramente autoral, que se distingue a léguas de distância. E, juntamente com Nicolas Winding Refn (que também divide a crítica e o público entre os que o amam e os que o detestam), é o único que consegue chegar […]

| SÉRIES | Big Little Lies

Houve um momento, que provavelmente durou uma temporada, em que parecia que Donas de Casa Desesperadas poderia ser uma coisa interessante. A ideia de que por detrás de uma grossa camada de verniz suburbano havia um lençol freático de merda parecia ter substância suficiente para sustentar a série por muitos e bons anos. O tom […]