| CRÍTICAS | O Ataque do Tubarão de Duas Cabeças

Anda para aí um fascínio qualquer por tubarões que me tem passado ao lado, mas que o cinema xunga tem sabido capitalizar a seu favor. Basta ver a quantidade de palermices com tubarões que por aí andam (tubarões fantasmas, tubarões gigantes, tubarões em tornados…). O Ataque do Tubarão de Duas Cabeças podia ser apenas mais um episódio nesta sequência de maus filmes, a maioria deles saídos da mente demente da Asylum (produtora série z especialista nisto), mas o facto de ter a Carmen Electra e a Brooke Hogan dá-lhe os 15 minutos de fama necessários para aparecer aqui neste imodesto tasco cinematográfico. E a conclusão que se tira de O Ataque do Tubarão de Duas Cabeças é que Carmen Electra está a envelhecer bem melhor que Brooke Hogan. 

Qual é então o argumento de O Ataque do Tubarão de Duas Cabeças? Quem raio sabe? Há um grupo de alunos universitários, todos com mais idade do que deviam parecer e as mamas grandes, que vai num iate para fazer qualquer coisa relacionada com a escola e que acabam encalhados num atol, que está a afundar(!). Ao mesmo tempo há um tubarão com duas cabeças e, consequentemente, com o o dobro do apetite, o dobro da velocidade e o dobro do perigo, mas que se aproxima deles sem ninguém dar por nada e consegue ir mata-los mesmo quando estão com água pelo joelho (e, mesmo assim, ninguém o vê).

Há então dois pretextos para O Ataque do Tubarão de Duas Cabeças existir. O primeiro são as gajas. Andam todas de bikini durante o filme (bikinexploitation é um subgénero?) e, sejamos sinceros, podíamos olhar para a Carmen Electra de bikini o dia inteiro. Já a Brooke Hogan está meio acabada aqui. Depois o segundo pretexto é o tubarão e a matança do porco, mas tendo em conta que essas cenas são um ataque epiléptico entre um CGI manhoso (já vi 8-bits mais realistas) e um boneco de borracha mau demais para ser verdade, quer-me parecer que isso não é relevante.

Tudo o resto é ainda mais pateta, com diálogos de teatrinho de escola, interpretações ao nível da indústria porno e valores de produção nulos. O que estávamos à espera de O Ataque do Tubarão de Duas Cabeças afinal? Sinceramente não muito, mas os Pães com Manteiga deixam-me sempre triste pelo tempo perdido que nunca mais hei-de recuperar.

Título: 2-Headed Shark Attack
Realizador: Cristopher Ray
Ano: 2012

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *