| CRÍTICAS | Atomic Blonde – Agente Especial

Em Novembro de 1989 caía finalmente o Muro de Berlim, unindo a Alemanha e, consequentemente, os blocos ocidentais e orientais. Era o princípio do fim da Guerra Fria. Os tempos que antecederam esse 9 de Novembro, que viria a mudar o mundo, foram de grande tensão política, com vários jogos de bastidores entre os Estados […]

| CRÍTICAS | Atlantic City, USA

Os filmes de casino são um sugénero pouco valorizado na sétima arte e que mereciam um pouco mais de atenção. Apesar de não haverem muitos títulos sobre o tema, a maioria sobressai claramente acima da média. O homónimo Casino é claramente o exemplo mais óbvio, mas Croupier é bem interessante e este Atlantic City, USA merecia […]

| CRÍTICAS | A Missão

A premissa de A Missão é uma daquelas que vale por si só o próprio filme: um assassino a soldo mata quem não deve e um familiar de uma das suas vítimas, para se vingar, faz-lhe uma operação de mudança de sexo. E agora este transexual à força vai buscar vingança. Payback’s a bitch, diz a tagline […]

| CRÍTICAS | Last Days Here

Nos últimos tempos, a net e o cinema têm-se unido para resgatar das trevas do esquecimento várias bandas injustamente pouco reconhecidas. Basicamente, foi o juntar da fome com a vontade de comer. De um lado, os maluquinhos da net, a fazerem trabalho de sapa entre os rodapés da história da música, procurando discos perdidos e […]

| CRÍTICAS | O Clube

O Clube está para os jovens dos anos 80 assim como Fúria de Viver está para os dos anos 60. No entanto, os motivos são bem diferentes. Enquanto que, no filme de Elia Kazan, James Dean rebelava-se contra a sociedade condescendente e “normalizada” pós-Segunda Grande Guerra, no filme de John Hughes o brat pack levanta a voz em […]

| CRÍTICAS | As Crianças do Sacerdote

Numa pequena ilha da Dalmácia, um jovem padre apercebe-se que a população está a decrescer a olhos vistos. A situação é preocupante: desde que foi destacado para aquela localidade, já assistiu a dezenas de funerais e nem sequer a um nascimento. O padre Fabijan (Kresimir Mikic) tem então uma ideia de génio: com a ajuda […]

| CRÍTICAS | Timecop – Patrulha do Tempo

Todos nós tirámos um doutoramento em viagens no tempo graças ao cinema. Com o Exterminador Implacável 2 aprendemos o paradoxo da predestinação, com o Regresso ao Futuro ficámos a saber tudo sobre linhas temporais e o que acontece se as alterarmos… E com Timecop – Patrulha do Tempo revisitámos a matéria dada, ao mesmo tempo […]

| CRÍTICAS | Balada da Praia dos Cães

Eu cá não sou de intrigas, mas José Cardoso Pires é provavelmente um dos melhores escritores portugueses de todo o sempre. Verdade ou não, o seu O Delfim é o melhor livro português de sempre. Obviamente que respeito todas as opiniões, mas quem não concordar comigo estará errado e eu odeio-o. O Delfim também foi adaptado […]

| CRÍTICAS | Valerian e a Cidade dos Mil Planetas

Aqui há não muito tempo atrás, o simples anúncio de uma adaptação da banda-desenhada franco-belga Valerian por parte de Luc Besson seria o suficiente para muito boa gente soltar uma pinguinha. Contudo, tendo em conta a filmografia recente do realizador francês (mas que raio foi aquilo do Lucy? ela transforma-se numa pen drive no final!!), isso […]

| CRÍTICAS | G.I. Joe – Retaliação

G.I. Joe – O Ataque dos Cobra é, provavelmente, o filme mais desmiolado dos últimos tempos (de sempre?). Afinal de contas, não há muito mais por onde ir num filme de acção em que soldados lutam contra ninjas, não é verdade? Por isso, a suspensão da descrença tem que ser forte, muito forte, para se […]