| CRÍTICAS | Sgt. Pepper’s Lonely Heart Club Band

Os anos 70 foram uma década do caraças para a história do cinema – enterrou-se o cinema clássico de Hollywood, passou-se a dar mais atenção ao cinema europeu e os filmes ganharam liberdade para quebrarem tabus e preconceitos. Foi a década dos movie brats e de todo um cinema que inaugurou a contemporaneidade. Contudo, foi […]

| CRÍTICAS | Assassinos e Rivais

Da carreira recente de Jean-Claude Van Damme, feita de produções europeias realizadas em países manhosos do leste straight-to-DVD (e que os entendidos do género dizem ser a melhor fase da sua filmografia desde o final dos anos 80 – se bem que Duplo Impacto, o seu último bom mau filme, já é de 1991), Assassinos […]

| CRÍTICAS | 47 Ronin – A Grande Batalha Samurai

Em Ghost Dog – O Método do Samurai, Jim Jarmusch diz mais do que uma vez que o Japão feudal era um local estranho (principalmente sempre que as suas personagens lêem o Rashomon). Hollywood achou que ainda poderia ser mais estranho e, por isso, na sua adaptação de 47 Ronin – A Grande Batalha Samurai – […]

| CRÍTICAS | O Ilustre Cidadão

No dia em que recebeu o prémio Nobel da Literatura, o escritor argentino radicado em Barcelona, Daniel Mantovani (Oscar Martínez) anunciou logo no seu discurso em Estocolmo que punha um ponto final na sua carreira. Afinal de contas, como é que um artista, que cria que o papel da arte é questionar e provocar, poderia […]

| CRÍTICAS | Cocoon – A Aventura dos Corais Perdidos

Deveriam existir mais filmes de seniores. Filmes de seniores como em oposição a filmes de jovens, ou seja, aquelas aventuras juvenis que os anos 80 foram pródigos, como Os Goonies ou Conta Comigo, por exemplo. Tivemos este Cocoon – A Aventura dos Corais Perdidos, a respectiva sequela ou aquela espécie de rip-off que é O […]

| CRÍTICAS | Ghost Dog – O Método do Samurai

Se há palavra que possa definir Ghost Dog – O Método do Samurai é… inesperado. Não é que Jim Jarmusch seja o mais convencional dos realizador, mas vejamos este. É um filme de samurais, com mafiosos italo-americanos e pretos do hip-hop cheios de bling bling. Além disso, Forest Whitaker, o protagonista, é um samurai que […]

| CRÍTICAS | A Múmia

Na tentativa desesperada de encontrar alguma coisa que fizesse concorrência ao monopólio do universo de super-heróis da Marvel no mundo dos blockbusters, a Universal decidiu ressuscitar o seu universo dos monstros, que fizeram as delícias doo cinema de horror do período clássico de Hollywood – a múmia, o drácula, o homem-invisível… Ou seja, uma opção […]

| CRÍTICAS | Eu Não Sou o Teu Negro

O que têm em comum James Baldwin, Martin Luther King, Medgar Evers e Malcolm X? Fácil. Todos eles foram, à sua maneira, símbolos fundamentais do negro norte-americano (e, consequentemente, do negro no mundo ocidental) e da luta pelos seus direitos. A diferença entre eles é que apenas o primeiro não morreu precocemente, uma vez que os […]