| CRÍTICAS | Mad Max – Estrada da Fúria

Em plena euforia de sequelas, prequelas, remakes e reboots, este novo capítulo da série Mad Max tinha desde logo à partida uma vantagem perante outros franchises semelhantes: o da credibilidade do seu criador e mentor, George Miller, que 30 anos depois regressava para dar continuidade ao solitário cavaleiro da estrada pós-apocalíptico. Afinal de contas, desde […]

| CRÍTICAS | Tangerine

Tangerine, mini-fenómeno dos festivais independentes, tem dois factores extra-cinematográficos (chamemos-lhe assim) que podem justificar grande parte dessa atenção mediática que recebeu. O primeiro é o facto de ter sido inteiramente feito com iPhones; e o segundo tem a ver com o elenco, cujos protagonistas – Mya Taylor e Kitana Kiki Rodriguez – são transexuais. No […]

| CRÍTICAS | Wild Card – Jogo Duro

Jason Statham é o Sylvester Stallone do século XXI. Ou seja, um saco de músculos dedicado a mil e quinhentos filmes de acção, alguns deles altamente patetas. Não é por acaso que Sly tenha ensaiado uma espécie de passagem de testemunho em Os Mercenários. Isso não é propriamente mau e até poderia ser um elogio […]

| CRÍTICAS | It (1990)

Não é por acaso que Stephen King é o escritor vivo com mais romances adaptados ao grande ecrã. Os seus livros dão excelente argumentos para filmes, apesar de se tornarem, na maior parte das vezes, aborrecidas adaptações. Além disso, essas adaptações também não costumam querer nada com a qualidade, mas aí já é outra história. It, […]

| CRÍTICAS | Sorte à Logan

Steven Soderbergh interrompeu a sua reforma compulsiva, que havia anunciado após Por Detrás do Candelabro, desencantado com a indústria depois de não ter conseguido arranjar distribuidor para o filme, para fazer Sorte à Logan, um trabalho muito parecido com Ocean’s Eleven – Façam as Vossas Apostas. Parecido no conteúdo – afinal de contas, são ambos […]

| CRÍTICAS | O Meu Nome é Michael

Não deixa de ser curioso o facto de Eu Sou Michael chegar às salas portuguesas numa altura em que se discute o porquê de existirem no mercado português livros de exercícios de crianças para meninos e para meninas. Afinal de contas, este biopic do ex-activista LGBT, Michael Glatze, é uma excelente oportunidade para se reflectir […]

| CRÍTICAS | Deathgasm

Quem nunca ouviu dizer que o rock’n’roll era a música do demo? E quem nunca perdeu horas de vida a ouvir temas rock de trás para a frente em busca de mensagens satânicas escondidas que atire a primeira pedra. A todos estes, Deathgasm vem provar que estávamos certos: o rock’n’roll está mesmo conectado com o Diabo, […]

| CRÍTICAS | It

A promoção do remake de It, um dos clássicos da extensa literatura de Stephen King, gerou um hype maciço, com o próprio King a dizer que o vira duas vezes e que adorou e incontáveis relatos de coulrofobia, resultando em recordes incríveis: o trailer mais visto de sempre no dia de lançamento ou o melhor resultado […]

| CRÍTICAS | El Topo

El Topo estava destinado a permanecer nos cantos recônditos do cinema underground se John Lennon, impressionado pelo que vira, não se tivesse empenhado em trazer a fita de Alejandro Jodorowsky à luz do dia, elevando o nome do realizador chileno aos píncaros do sensacionalismo experimental e transformando El Topo num dos maiores ícones da contracultura […]