| CRÍTICAS | Ghost Rider

ghost_rider_ver5_xlg

Estou ciente de que não podemos esperar muito da história de um esqueleto em chamas que anda de mota e persegue os bandidos, mas Ghost Rider é um insulto a qualquer criatura bípede deste planeta. Sejam os pinguins, os cangurus ou mesmo os motards com coletes de cabedal e tronco nu, os azeiteiros com carros rebaixados com autocolantes de chamas e as suas namoradas com a obrigatória tramp stamp, que são o público-alvo deste filme.

Uma vez li os textos de um concurso de escrita criativa para meninos com trissomia 21 e garanto-vos que não encontrei nenhum tão ridículo quanto o argumento de Ghost Rider. Mas o que mais angustia é a quota de responsabilidade que Nicolas Cage tem nisto. É que ele, viciado em banda-desenhada em geral (até tem um filho chamado Kal-El) e no Motoqueiro Fantasma em particular, também deu uns toques no (pseudo)argumento. Ao menos, Stan Lee demarcou-se disto, como quem diz estou metido na merda toda da Marvel, mas também tenho limites.

Ora bem, Ghost Rider adapta ao grande ecrã o herói semi-demoníaco da Marvel que, de noite, se transforma num esqueleto flamejante e persegue os bandidos da cidade. Como todos os filmes introdutórios, este também começa por se dedicar à origem do alter-ego de Johnny Blaze (Nicolas Cage), um Evil Knievel que vende a alma ao diabo.

ghost

Tudo em Ghost Rider é caricatural e tem a profundidade de um pauzinho de gelado. Os buracos no argumento amontoam-se à velocidade da luz e tudo é tão camp – começando pela prestação hiperbolicamente kitsch de Cage (até mesmo para os parâmetros a que nos habituou) – que não sabemos se havemos de rir ou chorar. Há ainda uma prestação ridícula de Eva Medes – abandonada cena sim, cena não, mas que volta sempre para Cage com um sorriso nos lábios e de pernas abertas sem se queixar – e uns vilões-demónios com os poderes mais inofensivos de sempre, que morrem ao levarem uma murraça.

Ghost Rider é, provavelmente, o pior filme de sempre. E há por aí outros Pães com Manteiga, mas provavelmente nenhum teve tão pouco esforço envolvido na tentativa de fazer qualquer coisa de jeito. E o mais assustador sabem o que é? É que, mesmo depois disso, ainda fizeram uma sequela(!). E que é pior(!!).pa%cc%83o-com-manteigaTítulo: Ghost Rider
Realizador: Mark Steven Johnson
Ano: 2007

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *