| CRÍTICAS | The End

end3

Não é surpresa que Gérard Depardieu já desistiu há muito tempo de ceder à tentação da comida, mas nunca nos tínhamos preocupado tanto com ele desde o início de The End. Depardieu acorda na cama, de cuecas, e pela primeira vez temos total noção de que o actor francês não está só gordo, está deformado. E as dificuldades para se levantar sozinho mostram bem que aquilo é já um problema de saúde sério. Por isso, desde o primeiro momento que começamos a preocupar-nos com Gérard Depardieu, se bem que a banda-sonora macambúzia e os misteriosos planos de estradas escuras e desertas já deixem antever que algo de ruim vai acontecer.

Depardieu vai então para o bosque caçar, mas perde-se. Perde-se e perde também o cão e, depois, a arma. Os violinos sinistros mantêm-se na banda-sonora, mas estamos mais no domínio do survivor movie do que do filme de terror. Mesmo que apareçam inesperados escorpiões negros, jovens caídos do céu por não terem unhas e, no final, uma jovem toda nua que tudo indica que acaba de ser violada em grupo.

end

Guillaume Nicloux não no dá qualquer pista do que se está a passar, neste one man show de Gérard Depardieu, com uma estranha teimosia em explicar em voz alta o que se está a passar e uma obsessão em gritar impropérios para o ar. Lembramo-nos várias vezes de Gerry, mas mesmo assim este The End não é tão inconsequente, uma vez que ainda vão acontecendo algumas coisas. Poucas, mas acontecem…

Até que, voilá, Nicloux tem uma diarreia mental e o filme termina, deixando-nos um nó no cérebro. Das duas, uma: ou The End é apenas esquisito e do domínio do simbolismo e do metafórico; ou então é mesmo o que parece e toda a hora e meia que acabámos de ver não é mais do que o mais antigo gimmick da história do cinema: o sonho, que tudo explica. Tanto uma como a outra solução são pretensiosas demais. Um Cheeseburger que, ao início, parece que vai saber bem melhor do que isto.cheeseburguerTítulo: The End
Realizador: Guillaume Nicloux
Ano: 2016

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *