| CRÍTICAS | Vício Intrínseco

Era mais ou menos unânime que os livros de Thomas Pynchon não eram adaptáveis ao cinema. Com as suas milhentas personagens e histórias paralelas, drogas e psicadelismo, Pynchon é um autor pós-modernista que parecia condenado a viver longe do grande ecrã, logo ele que tanto gosta da reclusão. No entanto, se alguém o conseguiria fazer […]

| CRÍTICAS | Magnólia

Era inevitável. Com Magnólia, um filme-mosaico épico de três horas, Paul Thomas Anderson não tinha como fugir às comparações com Robert Altman, o rei do cinema-coral. E desde esse filme que lhe ficou o rótulo, que na verdade até nem lhe assenta mal, pela forma clássica como filma histórias que são sobretudo sobre pessoas. Magnólia […]