| CRÍTICAS | Verão de 92

O futebol é a coisa mais importante dentre as coisas menos importantes da vida.Não sei quem disse isto – aposto que se for ver ao google irei descobrir que foi o Bob Marley, o Nelson Mandela ou o Einstein -, mas continua a ser a melhor descrição de sempre do futebol. É irracional, não obedece […]

| CRÍTICAS | A Festa

Em 1995, dois jovens e desconhecidos realizadores dinamarqueses apresentavam ao mundo um manifesto que era, simultaneamente, artístico e provocador. Com o intuito de devolver o cinema aos seus criadores, Lars Von Trier e Thomas Vinterberg defendiam em 10 pontos um cinema directo e realista, sem recursos a acção superficial, saltos narrativos ou adereços artificiais, filmado […]

| CRÍTICAS | A Comuna

Em Copenhaga, em plena capital dinamarquesa, existe um bairro chamado Christiania que é autogerido, com um estatuto próprio. É um dos locais mais visitados no país e, se bem que na maior parte das vezes é mais conhecido por ser tolerado o consumo de ganza no seu interior, acaba por ser um das mais antigas […]