| CRÍTICAS | A Filha

Solveig Nordlund sempre foi uma espécie de OVNI a trabalhar no cinema português, por se dedicar a géneros e temas pouco abordados nos nossos filmes: a ficção-científica e o thriller psicológico, assim como outras variantes do cinema fantástico. Agora que foi homenageada no MotelX deste ano, talvez seja altura de se tornar numa espécie de […]

| CRÍTICAS | Inner Ghosts

A cientista e professora catedrática Helen (Celia Williams) está a tentar comunicar directamente com o eu interior das pessoas, aquilo que pode ser visto como a alma, com o intuito de revolucionar a medicina moderna. Imagine-se ser possível comunicar com alguém que esteja em coma, por exemplo. É revolucionador, as potencialidades são imensas e, após a apresentação […]

| CRÍTICAS | The Field Guide to Evil

Os filmes-mosaico, com vários realizadores, não costumam ser boa ideia. Na teoria até parece uma premissa bastante interessante, a de juntar vários realizadores de quem se gosta para abordarem um tema comum segundo os seus pontos de vista próprios, mas na prática acaba quase sempre por ser uma salgalhada de curtas-metragens de diferentes estilos e […]

| CRÍTICAS | Cam

Uma vez vi um site em que havia vários canais disponíveis, onde determinadas meninas estavam em streaming, fazendo coisas para a câmara enquanto conversavam com quem assistia a troco de dinheiro. Foi para pesquisa de um trabalho da escola e foi um amigo que me falou disso, claro. Por isso, quando comecei a ver Cam […]

| CRÍTICAS | Pledge

A praxe, uma das tradições que o nosso país teima em manter, é um daqueles fenómenos anuais que devia deixar toda a gente triste. Crescemos, chegamos à idade adulta e entramos para a universidade, aquele espaço de sabedoria e elevação. E durante uma semana (pelo menos) lá andam os caloiros a rastejar pelo chão, com porcaria […]

| CRÍTICAS | Don’t Leave Home

Um padre irlandês com queda para as artes é convidado para pintar o retrato de uma menina. No dia seguinte, a menina desaparece misteriosamente de casa, sem deixar rasto. Mas mais misterioso ainda é o facto de que a sua figura desaparece também no quadro que o padre pintou. Já todos nós vimos o Regresso […]

| CRÍTICAS | The Promise

Quando foi o grande crash da bolsa de Nova Iorque, em 1929, dizia-se meio a sério meio a brincar, que havia mais banqueiros estatelados nos passeios depois de se suicidarem do topo dos edifícios do que em Wall Street. Em 1997, uma quebra da bolsa na Tailândia atirou o país para uma crise financeira semelhante, […]

| CRÍTICAS | Cold Skin

O ano é de 1914. Não há cá internet e o mundo ainda é um local relativamente grande e distante. Por isso, quando um homem como o que iremos conhecer apenas como Amigo (David Oakes) decide aceitar um trabalho solitário numa ilha perto do Ártico, como técnico meteorológico, por 12 meses, é porque está a fugir […]

| CRÍTICAS | Fake Blood

Rob Grant, juntamente com o seu amigo actor Mike Kovac, fez um par de filmes de terror independentes meio-trash que tiveram relativamente sucesso no meio: Yesterday e Mon Mai, este segundo uma mistura do Fargo com Doidos à Solta(!). Nada que mereça muito destaque, mas que é importante para contextualizar este novo filme da dupla. […]

| CRÍTICAS | Unsane

Unsane é o mais recente filme de Steven Soderbergh e o terceiro desde que anunciou que não faria mais nenhum. Para um reformado, não está nada mal… É que só alguém muito ingénuo é que acreditaria que o hiperactivo realizador norte-americano iria conseguir ficar parado. Obcecado pela técnica e pela experimentação, Soderbergh não precisa de […]