| CRÍTICAS | Kickboxer: A Vingança

Golpe de Vingança (o título português de Kickboxer) não só é um dos melhores filmes de sempre de Jean-Claude Van Damme, como é aquele que cristalizou alguns dos principais clichés da sua carreira. Especialmente o de que todos os seus filmes têm que ter uma luta num bar. Golpe de Vingança é aquele em que […]

| CRÍTICAS | Quando Viste o Teu Pai Pela Última Vez

É uma lei da vida: quando somos pequenos, criamos no nosso consciente uma imagem heróica do nosso pai, o qual veneramos e admiramos como um qualquer super-herói invencível. Depois crescemos e começamos a acha-lo insuportável, sempre a melgar-nos a cabeça, primeiro por não prestarmos atenção à escola, depois por não termos prestado atenção suficiente à […]

| CRÍTICAS | Um Ajuste de Contas

Desde que deixou a política e regressou ao cinema que Arnold Schwarzenegger tem andado um pouco perdido, incapaz de perceber qual o seu lugar nos filmes de hoje. Basicamente, já tentou um pouco de tudo: procurou retomar os filmes de acção musculados iguais aos que fazia antes de ser governador (olá O Último Desafio), experimentou […]

| CRÍTICAS | Homem-Aranha: Regresso a Casa

Confesso que já estava perdido com tanto filme do Homem-Aranha e que tive de ir confirmar ao google que episódio era este Regresso a Casa. Ora bem, então se percebi bem, primeiro ouve a trilogia do Tobey Maguire, depois o remake com dois filmes com o Andrew Garfield e agora este reboot com o Tom […]

| CRÍTICAS | A Portuguesa

A Portuguesa tem sido comparado por toda a gente com o cinema de Manoel de Oliveira (e muitas vezes com o Silvestre, de João César Monteiro). Em entrevista, a realizadora Rita Azevedo Gomes, confrontada com isso, reconhecia a influência, mas acrescentava que isso só acontecia por ser portuguesa. Se fosse nórdica, seria certamente comparada a […]

| CRÍTICA | Soldado Universal: Regeneração

Naquela que é provavelmente a melhor cena de JCVD, o filme meta-referencial de Jean-Claude Van Damme, o belga tem um monólogo para a câmara onde faz um mea culpa pelo trajecto recente da sua carreira, condenada ao straight-to-video por uma série de más decisões de vida. Lembro-me de ter pensado que Van Damme estava ali […]