| CRÍTICAS | O Meu Nome é Michael

Não deixa de ser curioso o facto de Eu Sou Michael chegar às salas portuguesas numa altura em que se discute o porquê de existirem no mercado português livros de exercícios de crianças para meninos e para meninas. Afinal de contas, este biopic do ex-activista LGBT, Michael Glatze, é uma excelente oportunidade para se reflectir […]

| CRÍTICAS | Deathgasm

Quem nunca ouviu dizer que o rock’n’roll era a música do demo? E quem nunca perdeu horas de vida a ouvir temas rock de trás para a frente em busca de mensagens satânicas escondidas que atire a primeira pedra. A todos estes, Deathgasm vem provar que estávamos certos: o rock’n’roll está mesmo conectado com o Diabo, […]

| CRÍTICAS | It

A promoção do remake de It, um dos clássicos da extensa literatura de Stephen King, gerou um hype maciço, com o próprio King a dizer que o vira duas vezes e que adorou e incontáveis relatos de coulrofobia, resultando em recordes incríveis: o trailer mais visto de sempre no dia de lançamento ou o melhor resultado […]

| CRÍTICAS | El Topo

El Topo estava destinado a permanecer nos cantos recônditos do cinema underground se John Lennon, impressionado pelo que vira, não se tivesse empenhado em trazer a fita de Alejandro Jodorowsky à luz do dia, elevando o nome do realizador chileno aos píncaros do sensacionalismo experimental e transformando El Topo num dos maiores ícones da contracultura […]

| CRÍTICAS | Excitação

A Boca do Lixo é uma zona do centro de São Paulo que, algures ali nos anos 70, deu nome a um movimento cinematográfico independente e underground pouco falado. Pelo menos, quando comparado com o Cinema Novo ou com o Tropicalismo, de Glauber Rocha, por exemplo. É um movimento não-oficial, que vai tanto ao fantástico […]

| CRÍTICAS | Santa Sangre

Santa Sangre, realizado depois do falhanço da adaptação de Dune, é um filme com todas as características do cinema de Alejandro Jodorowsky: a luxúria, o surrealismo, a crítica religiosa, o simbolismo e o sensacionalismo gratuito. Além disso, Santa Sangre é, possivelmente, o filme mais convencional e acessível de Jodorwosky, se exceptuarmos estes documentários biográficos que ele […]

| CRÍTICAS | Berlin Syndrome

Se há coisa que Eli Roth nos ensinou é que viajar pela Europa é perigoso. Mas, aparentemente, a australiana Clare (Teresa Palmer) nunca viu nenhum dos Hostel e decidiu pegar na mochila e ir até à Alemanha, sozinha. É então em Berlim que conhece fortuitamente Andi (Max Riemelt), com quem se vai envolver. Apesar de […]

| CRÍTICAS | Prey

Em O Tubarão, Steven Spielberg inaugurava uma nova tendência nos filmes de monstros, ao introduzir uma criatura bem real – um mortífero tubarão branco. De repente, os filmes de monstros tornavam-se duplamente mais assustadores, uma vez que a ameaça deixava de estar circunscrita ao imaginário da ficção. A partir daí assistiu-se a uma proliferação desses […]