| CRÍTICAS | Stoker

No início deste século, o cinema sul-coreano andava nas palminhas do mundo, fascinados com uma nova vaga que varria o país. Nessa altura, o ponta-de-lança titular indiscutível dessa equipa era Chan-wook Park, graças a Oldboy – Velho Amigo e ao brilharete em Cannes, patrocinado por Quentin Tarantino. Adivinhava-se o salto para Hollywood, mas apesar de […]