| CRÍTICAS | Stoker

No início deste século, o cinema sul-coreano andava nas palminhas do mundo, fascinados com uma nova vaga que varria o país. Nessa altura, o ponta-de-lança titular indiscutível dessa equipa era Chan-wook Park, graças a Oldboy – Velho Amigo e ao brilharete em Cannes, patrocinado por Quentin Tarantino. Adivinhava-se o salto para Hollywood, mas apesar de […]

| CRÍTICAS | Dos Homens sem Lei

O Lau é uma terreola no concelho de Palmela que, além de ser provavelmente uma das únicas localidades do país com um nome monossilábico, tem duas ruas (uma que sobe e outra que desce) e meia dúzia de habitantes. Se eu fosse realizador de cinema, o meu primeiro projecto seria um filme de caubóis passado […]

| CRÍTICAS | Apenas os Amantes Sobrevivem

Devíamos acarinhas mais Jim Jarmusch. Um dia vamos acordar de manhã e ele já não vai cá estar. E depois só aí é que lhe vamos sentir verdadeiramente a falta, culpando-nos por não lhe termos dado mais valor. Por isso, sempre que estreia um filme novo seu, isso devia ser um evento com mais pompa […]