| CRÍTICAS | Era Uma Vez… em Hollywood

A cineflia sempre foi o combustível do cinema de Quentin Tarantino, se bem que muitas vezes vemos isso ser chamado de nerdice, tendo em conta que a maior parte das suas referências vem da série b ou de subgéneros mais ou menos mal vistos na indústria. No entanto, em Era Uma Vez… Em Hollywood Tarantino […]

| CRÍTICAS | Balas Assassinas

Se Sergio Leone é o líder incontestado dos western spaghetti, então Sergio Corbucci será o segundo melhor, a larga distância do terceiro. Afinal de contas, além de O Grande Silêncio, Corbucci é o autor do melhor Django de todos (e estou a incluir o do Tarantino nesta contagem, claro). No entanto, um dos seus primeiros […]