| CRÍTICAS | Pledge

A praxe, uma das tradições que o nosso país teima em manter, é um daqueles fenómenos anuais que devia deixar toda a gente triste. Crescemos, chegamos à idade adulta e entramos para a universidade, aquele espaço de sabedoria e elevação. E durante uma semana (pelo menos) lá andam os caloiros a rastejar pelo chão, com porcaria […]

| CRÍTICAS | Don’t Leave Home

Um padre irlandês com queda para as artes é convidado para pintar o retrato de uma menina. No dia seguinte, a menina desaparece misteriosamente de casa, sem deixar rasto. Mas mais misterioso ainda é o facto de que a sua figura desaparece também no quadro que o padre pintou. Já todos nós vimos o Regresso […]

| CRÍTICAS | The Promise

Quando foi o grande crash da bolsa de Nova Iorque, em 1929, dizia-se meio a sério meio a brincar, que havia mais banqueiros estatelados nos passeios depois de se suicidarem do topo dos edifícios do que em Wall Street. Em 1997, uma quebra da bolsa na Tailândia atirou o país para uma crise financeira semelhante, […]

| CRÍTICAS | Cold Skin

O ano é de 1914. Não há cá internet e o mundo ainda é um local relativamente grande e distante. Por isso, quando um homem como o que iremos conhecer apenas como Amigo (David Oakes) decide aceitar um trabalho solitário numa ilha perto do Ártico, como técnico meteorológico, por 12 meses, é porque está a fugir […]

| CRÍTICAS | Fake Blood

Rob Grant, juntamente com o seu amigo actor Mike Kovac, fez um par de filmes de terror independentes meio-trash que tiveram relativamente sucesso no meio: Yesterday e Mon Mai, este segundo uma mistura do Fargo com Doidos à Solta(!). Nada que mereça muito destaque, mas que é importante para contextualizar este novo filme da dupla. […]

| CRÍTICAS | Unsane

Unsane é o mais recente filme de Steven Soderbergh e o terceiro desde que anunciou que não faria mais nenhum. Para um reformado, não está nada mal… É que só alguém muito ingénuo é que acreditaria que o hiperactivo realizador norte-americano iria conseguir ficar parado. Obcecado pela técnica e pela experimentação, Soderbergh não precisa de […]

| CRÍTICAS | Mon Mon Mon Monsters

Mon Mon Mon Monsters chega-nos de umas latitudes cinematográficas das quais temos pouco acesso, pelo menos dentro do género fantástico. Normalmente é do Japão e da Coreia do Sul que nos chegam filmes de terror, gore, suspense e outros derivados. De Taiwan são mais as notícias das tensões com a China e a política desta […]

| CRÍTICAS | El Bar

Existem várias formas de se aproveitar o café, um dos espaços públicos mais democráticos das cidade. Há, obviamente, quem vá lá para apenas tomar a bica e uma torrada para o pequeno-almoço, há quem o use como ponto de encontro, há os que vão lá para trabalhar ou estudar, quem aproveite para utilizar a casa-de-banho […]

| CRÍTICAS | Super Dark Times

O filme de aventuras com miúdos é um subgénero com tradição nos anos 80, misturando em doses iguais nostalgia, espírito feelgood e cinema de entretenimento de qualidade. Nos últimos tempos, têm havido algumas tentativas pontuais de o reavivar ou de lhe prestar tributo (alguém mencionou Super 8 ou o Stranger Things?). E, curiosamente ou não, […]