| CRÍTICAS | O Caça Polícias – Axel Foley

A carreira de Eddie Murphy é capaz de ser uma das mais peculiares do cinema. Nos anos 80, Murphy era uma das maiores estrelas do firmamento de Hollywood, transformando em ouro tudo o que tocava; depois, os filmes começaram a piorar exponencialmente, até que uma série de desastres épicos nos anos 90 o afastaram da […]

| CRÍTICAS | Sob as Águas do Sena

Quando a febre dos filmes de tubarões começava a abrandar e pensávamos que o fenómeno iria finalmente desaparecer (os shark movies são o fenómeno mais aleatório do cinema desde… sempre?), eis que surge um novo título que reaviva tudo. Desta vez foi Sob as Águas do Sena, produção Netflix francesa com tubarões mortíferos na capital […]

| CRÍTICAS | Atlas

Enquanto continua o debate sobre como se lidar com a inteligência artificial, que não consegue acompanhar a velocidade com que esta vai desbravando novos territórios a cada dia que passa, Hollywood continua a aproveitar o tópico e a capitaliza-lo para ganhar todos os trocos possíveis. No entanto, fa-lo sempre a partir da mesma perspectiva: a […]

| CRÍTICAS | A Batalha das Pop-Tarts

É extremamente devastador ver os nossos ídolos a cair. Por exemplo: Jerry Seinfeld. Depois de passarmos décadas a venerar a melhor série do mundo, Seinfeld, que nos deu referências para praticamente todas as coisas triviais que nos acontecem no dia-a-dia, começámos a vê-lo a desculpar o Bill Cosby, a dizer que a esquerda está a […]

| ESPECIAL | O Milagre dos Andes

Numa sexta-feira 13 de 1972, provando que as superstições são mesmo para ter em conta, o avião que transportava uma equipa de râguebi uruguaia mais os seus amigos e alguns familiares para um jogo no Chile, despenhou-se nos Andes. Dos 45 tripulantes, 29 sobreviveram ao impacto, mas só 16 iriam sobreviver aos 72 dias que […]

| CRÍTICAS | Rebecca

Daphne du Maurier está para Alfred Hitchcock assim como Agustina Bessa-Luís está para Manoel de Oliveira. Por isso, quando se fala das adaptações ao cinema da sua obra-prima, Rebecca, fala-se invariavelmente da versão do mestre do suspense, de 1940. A decisão de Ben Wheatley, um dos grandes nomes do cinema inglês de terror da actualidade, […]

| CRÍTICAS | O Assassino

Em Ofício de Matar, Jean-Pierre Melville definiu o perfil do assassino profissional, que entretanto tem sido utilizado vezes sem fins, em variações mais ou menos livres. É um profissional metódico, obsessivo e, especialmente, silencioso, que reconhecemos de Leon, O Profissional, de Drive – Risco Duplo ou Ghost Dog – O Método do Samurai. O novo […]

| CRÍTICAS | Mixed By Erry

Quem cresceu nos anos 80 certamente que cresceu com elas. As cassetes foram um aliado de peso para a educação musical dos adolescentes dos eighties, mais acessíveis e portáteis do que o disco de vinil. E depois veio todo o mercado das cassetes pirata. Hoje em dia ainda se encontram pontualmente bancas de música nas […]

| CRÍTICAS | Oxigénio

Os filmes com apenas uma personagem confinada num qualquer sítio tornaram-se eles próprios num sub-género do thriller e do fantástico, tal tem sido a profusão de exemplares que têm estreado nos últimos anos. Não é que seja uma coisa nova no cinema. Dantes já tivemos Doze Homens em Fúria ou Cabine Telefónica, mas foi a […]