| CRÍTICAS | iBoy

Os caminhos da internet são como os desígnios de Deus, só que ao contrário. É que, normalmente, os seus labirintos levam-nos até sugestões que não interessam ao menino de Jesus, já para não falar da desinformação constante e maus conselhos. Por isso, quando fui parar a um site manhoso com uma lista de pérolas da […]

| CRÍTICAS | I Am Mother

Começamos finalmente a conseguir ver para lá da espuma da rebentação e perceber um padrão nas produções próprias da Netflix. Ao fim deste tempo todo, acho que já é seguro dizer com segurança que, da Netflix, podemos esperar quatro coisas: muito lixo, bons documentários, crime series e ficção-científica. Não é que os filmes sci-fi da […]

| CRÍTICAS | Silêncio

No início, o futuro era brilhante e nada parecia correr mal. A Netflix surgia como uma alternativa criativa à espartilhada indústria cinematográfica, refém das bilheteiras e do lucro, onde os autores voltaram a ter liberdade total e onde os filmes que saiam das gavetas da normalização pré-formatada de Hollywood tinham finalmente espaço para existir. No […]

| CRÍTICAS | Velvet Buzzsaw

O mundo da arte, independentemente da área de expressão, é um mundo que recompensa muito mais a sorte, os contactos e (sobretudo) o dinheiro do que o mérito e o talento. Sempre foi assim e todos o sabem, mesmo que muitos não o queiram reconhecer e outros tantos achem que é um problema recente criado […]

| CRÍTICAS | Shirkers

Nos anos 90, a música e sobretudo o cinema salvaram a vida da então adolescente Sandi Tan. Numa Singapura tão conservadora que até a pastilha elástica era banida, Sandi Tan encontrou naquelas imagens amigos que finalmente a compreendiam. Pouco depois, conhecia mais um par de amigas com os mesmos gostos e Georges Cardona, um professor […]

| LISTAS | Os 9 Melhores Filmes de 2018

Todos anos é tão inevitável surgirem as listas dos melhores do ano, como o respectivo texto a acompanhar a dizer como foi difícil fazer a escolha. No entanto, este ano a coisa não podia ser mais sincera. É que foi mesmo difícil escolher os melhores. E não por terem sido muitos… Por isso, este ano […]