| CRÍTICAS | Hell or High Water – Custe o que Custar!

Apesar de já ter sido dado como morto éne vezes, o western continua a dar sinais de vida de quando em vez, em inúmeras variações. Desde as mais previsíveis (olá Os Três Enterros de um Homem) às mais improváveis (olá Profissão: Duro), o que não faltam aí são filmes que pegam nos códigos desse género […]

| ENTREVISTAS | Zvezda, o cinema que se recusou a fechar

21 de Novembro de 2014: cerca de 200 pessoas, a maioria agentes culturais, realizadores, actores e outros profissionais da sétima arte, invadem a abandonada sala de cinema Zvezda, no centro da capital da Sérvia, Belgrado. Desde então, o Zvezda exibe diariamente duas sessões de cinema, recebendo dezenas de espectadores todos os dias, mesmo que não haja […]

| CRÍTICAS | Eddie, a Águia

Nos Jogos Olímpicos de Inverno de 1988, em Calgary, a equipa de bobsled da Jamaica fazia história, na sua participação de sempre numa modalidade pouco… natural para um país tropical. A aventura foi documentada em Jamaica Abaixo de Zero, clássico dos anos 90 com a assinatura Disney. Nas mesmas Olimpíadas, o inglês Eddie Edwards ganhava […]

| CRÍTICAS | Hardcore

Quem cresceu na viragem dos anos 80 para os 90 perceberá o que vou dizer: durante algum tempo na vossa vida, o Doom foi a melhor coisa jamais inventada desde o pão fatiado. Já todos nós tínhamos jogado Wolfenstein 3D, mas Doom trazia os jogos de computador para outro nível. Nós, que erámos todos feras […]

| CRÍTICAS | Kubo e as Duas Cordas

Até hoje, quando pensávamos em animações com samurais pensávamos invariavelmente em anime. Mas esses dias estão acabados. Porque agora existe Kubo e as Duas Cordas, o novo filme da Laika, produtora que está a elevar a técnica do stop motion a um novo patamar de sofisticação. Kubo (voz de Art Parkinson) é um jovem cm […]

| CRÍTICAS | X-Men: Apocalipse

Se continuarem a fazer filmes dos X-Men a este ritmo, daqui a nada haverá mais filmes do que livros de banda-desenhada. X-Men: Apocalipse é o último tomo do mais famoso grupo de mutantes que a Marvel mete cá fora, contando com os dois episódios do Wolverine. E depois de ter viajado no tempo para contar […]

| CRÍTICAS | Na Via Láctea

Afinal, Emir Kusturica ainda está vivo (artisticamente, entenda-se). Depois do fenómeno dos anos 90 (em grande parte responsável por aquele flagelo que foi a invasão dos festivais de world music por bandas de música klezmer), o bósnio (ou será sérvio?) andou perdido a repisar as suas próprias pegadas (A Vida é um Milagre e Promessas, […]