| CRÍTICAS | Aniquilação

Deixem-me começar por tirar já isto do caminho. Aniquilação, o novo filme de Alex Garland, foi muito falado por não ter passado pelo cinema e ter estreado directamente no Netflix. O Guardian acha que é por o filme ser muito cerebral. Mas a verdade é que até o Guardian às vezes é parvo. Eu vi isto […]

| CRÍTICAS | Good Time

Depois de ter aparecido em várias listas dos melhores filme de 2017 (incluindo a do Tio Xunga, publicada aqui mesmo nesta estaminé insuspeito), tive que ir espreitar este Good Time e ver do que se tratava afinal. E tendo em conta que nunca tinha visto nenhum filme dos irmãos Safdie antes (incluindo o bem falado […]

| CRÍTICAS | Anomalisa

As neuroses e as obsessões sempre foram terreno fértil para muitos humoristas. O Woody Allen que o diga, ele que tem construído uma carreira respeitável à conta das suas inseguranças e crises pessoais. E logo a seguir vem o Larry David. Anomalisa, a segunda experiência na realização do (habitual) argumentista Charlie Kaufman, é um filme […]

| CRÍTICAS | Os Oito Odiados

Existe um antes e um depois na filmografia de Quentin Tarantino e chama-se Sally Menke. Desde Kill Bill que o mestre norte-americano tem tido cada vez mais tendência para estender os seus trabalhos e a sua fiel editora sempre foi um travão fundamental. Basta ver, no documentário , a parte em que ela explica como […]