| CRÍTICAS | Glass

No final de Split, que já era um filme bem acima da média da sua filmografia recente, M. Night Shyamalan tinha um golpe de génio. Em mais um twist imprevisível, o realizador fazia um crossover com O Protegido e criava o mais inesperado universo da Sétima Arte. Por isso, Glass era duplamente ansiado. Primeiro, porque […]

| ESPECIAL | Parque Jurássico

PARQUE JURÁSSICO Em 1993, Steven Spielberg voltou ao domínio dos filmes de monstros, duas décadas depois de um certo tubarão branco o ter catapultado para o estrelato. No entanto, desta vez o monstro foi ainda mais impressionante. E o uau ainda mais longo, com o recurso a um CGI que, pela primeira vez, não parecia […]

| CRÍTICAS | Arma Infrutífera

Com o sucesso dos Aonde Pára a Polícia, os filmes-paródia pareciam uma fonte inevitável de sucesso. No entanto, como acontece sempre, Hollywood espremeu a galinha dos ovos de ouro até ao tutano, transformando este sub-género da comédia num dos maiores flagelos recentes da história da sétima arte. Durante alguns anos, esta foi uma história bonita. […]

| CRÍTICAS | Eu Não Sou o Teu Negro

O que têm em comum James Baldwin, Martin Luther King, Medgar Evers e Malcolm X? Fácil. Todos eles foram, à sua maneira, símbolos fundamentais do negro norte-americano (e, consequentemente, do negro no mundo ocidental) e da luta pelos seus direitos. A diferença entre eles é que apenas o primeiro não morreu precocemente, uma vez que os […]

| CRÍTICAS | Kong – Ilha da Caveira

Na sua avidez habitual por remakes, sequelas e reboots, Hollywood parece ter descoberto um novo filão, como quem descobre a pólvora: os filmes de monstros. Depois de ter refeito (pela enésima vez) o Godzilla, chegou a vez do King Kong, o famoso macaco que vimos subir ao Empire State Building pela primeira vez no já […]

| CRÍTICAS | Os Oito Odiados

Existe um antes e um depois na filmografia de Quentin Tarantino e chama-se Sally Menke. Desde Kill Bill que o mestre norte-americano tem tido cada vez mais tendência para estender os seus trabalhos e a sua fiel editora sempre foi um travão fundamental. Basta ver, no documentário , a parte em que ela explica como […]

| CRÍTICAS | RoboCop

É inevitável: sempre que anunciam mais um remake ou reboot, uma foca morre. Nós ficamos indignado, o ódio invade as redes sociais e amaldiçoamos tudo e todos em Hollywood. Mas depois o filme estreia e vamos sempre ver. E mesmo que o façamos contrariados, temos sempre uma fagulha de esperança cá dentro de que desta […]

| CRÍTICAS | Capitão América: O Soldado do Inverno

Uma das cenas fixes de Capitão América: O Primeiro Vingador era o seu ar de war movie. Ao contrário do que seria de esperar, o filme pouco tinha de super-hero movie como os outros títulos da Marvel. Também é verdade que depois lhe faltava mais sujidade, mais lama e mais brutidade, mas isso é o […]