| CRÍTICAS | À Procura de Dory

Por mais adeptos que tenha Os Incríveis, era a sequela de À Procura de Nemo a mais aguardada de todas do universo Pixar. Foi À Procura de Nemo que estabeleceu a Pixar no topo da cadeia alimentar do mundo da animação, destronando a Disney, líder incontestável desde… sempre. E Dory, a peixe com problemas de […]

| CRÍTICAS | Mudar de Vida

O advento do digital e as possibilidades múltiplas da internet vieram abrir as portas a um sem-número de oportunidades no cinema, que ainda parecem estar a ser pouco aproveitadas, especialmente em Portugal. Mudar de Vida é uma das excepções que parece confirmar essa regra, ao ter sido financiado por crowdfunding, tendo garantido inclusive distribuição comercial. […]

| CRÍTICAS | Jogo de Damas

Aqui há uns anos, o cinema português já se tinha enamorado por Os Amigos de Alex (olá Um Funeral à Chuva). Afinal de contas, é fácil gostarmos do clássico de Lawrence Kasdan, porque é inevitável identificar-nos com ele. Já toda a gente teve, pelo menos uma vez na vida, um momento em que parou e […]

| CRÍTICAS | O Caso Spotlight

Numa altura em que vemos diariamente o jornalismo a ser assassinado de forma cruel e lentamente, nas páginas dos órgãos de comunicação social, faz bem ver um filme como O Caso Spotlight. Não é que esta adaptação do caso real do grupo de jornalistas de investigação do Boston Globe que desmascararam os casos de encobrimento […]

| CRÍTICAS | Living Is Easy With Eyes Closed

Em Mentes Perigosas, Michelle Pfeiffer recorre à poesia das canções de Bob Dylan para ensinar inglês à sua turma de jovens problemáticos. E neste Living Is Easy With Eyes Closed, Javier Cámara usa a música dos Beatles para ensinar inglês aos seus jovens alunos em pleno regime franquista. No fundo, é mais ou menos o […]

| CRÍTICAS | O Labirinto

Antes e haver Harry Potters, Senhores dos Anéis e Nárnias, o cinema juvenil de sword and sorcery era bem mais reduzido. No topo das preferências estava História Interminável, líder praticamente incontestável do género; e logo a seguir vinham, ex-aequo, este O Labirinto e A Lenda da Floresta. Só depois, e com distância considerável, é que vinham […]

| CRÍTICAS | Os Oito Odiados

Existe um antes e um depois na filmografia de Quentin Tarantino e chama-se Sally Menke. Desde Kill Bill que o mestre norte-americano tem tido cada vez mais tendência para estender os seus trabalhos e a sua fiel editora sempre foi um travão fundamental. Basta ver, no documentário , a parte em que ela explica como […]

| CRÍTICAS | Rambo III

E ao terceiro filme da série, John Rambo completava a metamorfose. Neste filme de Peter MacDonald, caía de vez o anti e o herói era insuflado até ao limite do possível, com Rambo a assumir-se como a personificação da América-polícia-do-mundo, agitando a bandeira da democracia e tornando-se no ícone favorito de Ronald Reagan e de […]

| CRÍTICAS | Rambo II: A Vingança do Herói

Depois do sucesso de Rambo: A Fúria Do Herói, era inevitável uma sequela para rentabilizar o novo herói de Sylvester Stallone depois do boxeur underdog Rocky Balboa. E, como seria de esperar, Hollywood apostou tudo na vertente destruidora de Rambo, até porque, admita-se, não pareceria muito bem fazer outro filme sobre um tipo a tentar […]